sexta-feira, 24 de abril de 2009

Quero ser presidente e primeira dama


O polêmico escritor peruano, Jaime Bayly, confessou em Madrid que quer tornar-se "presidente do Peru, mas também em primeira dama", fazendo referência à sua possível candidatura para as eleições presidenciais dentro de dois anos e sua condição de bisexual.

Que coisa fofa !

2 comentários:

Fernando disse...

A Amérdica do Sul vai ficar assim:
Paraguai: Um bispo católico cheio de filhos.
Bolívia: Um índio cocaleiro que faz greve de fome quando é contrariado.
Brasil: Um operário que nunca trabalhou à contento, analfabeto e beberrão.
Venezuela: Um militar lelé da cuca que acredita ser a reencarnação do Fidel que ainda não morreu.
E perú: Uma biba que de dia é Homem e a noite vira mariposa.

Como é que o mundo pode respeitar esta região com madatários tão exóticos?

Machete disse...

Sobre o bispo, o jornal paraguaio ABC comenta que, pelo menos, “ele se manteve fiel aos rígidos principais da Igreja Católica, que condena o aborto e o uso de camisinhas”.

Eles sempre encontram um lado bonito