segunda-feira, 27 de abril de 2009

Uribe está de olho na imprensa

O judiciário colombiano está investigando os excessos realizados por Uribe.

Para os funcionários do DAS (Departamento Administrativo de Segurança), órgão diretamente controlado pelo presidente da Colômbia, os jornalistas são um "alvo legítimo".

Em um arquivo de 724 folhas da sub direção de análise do DAS, os investigadores encontraram um lista de jornalistas de diferentes meios de comunicação como RCN, Caracol, CM&, Todelar e Semana, entre outros. Havia números telefônicos, correios eletrônicos e outros dados. Esta informação, que está nas mãos dos fiscais, foi entregue a Marta Inés Leal, sub diretora de operações.

Os fiscais também analisam o motivo da existência de uma ordem escrita para fazer um "controle técnico" no correio eletrônico de Daniel Coronell, diretor do Noticias Uno, e estão incluídos vários números de celulares.

Atualmente a fiscalização está analisando os equipamentos Phantom 3000 do DAS, que têm a tecnologia para interceptar e-mails.

Uribe quer controlar toda e qualquer informação da Colômbia e para o povo colombiano. Vale tudo para o terceiro mandato.
Revista Semana

É claro que algumas pessoas aqui e ali vão alegar que a notícia foi publicada em mídia de esquerda e que portanto não merece crédito.

Um comentário:

Dois em Cena disse...

Como aqui, há controle. O Uribe, assim que "pensou"em terceiro mandato caiu na vala comum...pelo menos para mim.
São todos iguais. Uns mais cínicos, outros menos cínicos.